Renováveis

Portugal: Renováveis podem valer tanto quanto o turismo, diz APREN

Já se sabia que as energias limpas em Portugal têm feito um percurso ascendente cada vez mais notável. A confirmá-lo estão a adesão massiva dos portugueses ao Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis 2023, bem como os 60% de eletricidade produzidos a partir de renováveis em agosto.

Mais: Guia Fundo Ambiental 2023

Agora, a APREN (Associação Portuguesa de Energias Renováveis) estima que o setor das energias renováveis pode vir a valer 12% do PIB (Produto Interno Bruto), a mesma percentagem do setor do turismo.

Esta estimativa, que é apontada para 2030, não se refere apenas à indústria da produção de energia em si, mas a todas as atividades que gravitam em seu torno, tais como “empresas de construção, as empresas de operação e manutenção, ou seja, os técnicos especializados em engenharia”, exemplificou à Renascença Pedro Amaral Jorge, presidente da associação.

Mais: 7 Perguntas Essenciais sobre o Apoio do Fundo Ambiental

Amaral Jorge destaca ainda uma vantagem adicional das renováveis comparativamente ao turismo: os salários médios, que são mais altos, e que se traduzem numa receita fiscal “substancialmente” maior.

Pensa em investir na eficiência energética da sua casa? É a altura ideal! Sabia que somos instaladores certificados pelo Fundo Ambiental e que todos os nossos clientes tiveram a sua candidatura aprovada? Fale connosco!

Serviço de consultoria para o Fundo Ambiental 2023

Crédito da foto: Rodrigo Curi/Unsplash

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This field is required.

This field is required.